USHUAIA – PARTE I – DICAS INICIAIS

Ushuaia é uma cidade da Argentina e capital da Província da Terra do Fogo. É conhecida como a cidade mais austral do mundo, para muitos, localizada no fim do mundo…rsrsrs

Imagem

Conhecer Ushuaia sempre foi um sonho, o qual somente foi possível de realizar em junho deste ano. Ainda éramos namorados quando surgiu a ideia de fazermos essa viagem em estilo mochilão. O tempo foi passando e ficamos noivos, e Ushuaia se tornou o destino da nossa lua de mel. Lua de mel que foi frustrada por forças da natureza, pois, infelizmente, o vulcão Puyehue, localizado ao sul do Chile, resolveu dar o ar da graça e entrou em erupção, impossibilitando voos tanto para as cidades turísticas do Chile, quanto da Argentina. Fomos barrados no aeroporto de São Paulo ao tentar despachar nossas malas. Mas esse ano, depois de dois anos de casados, a tão sonhada e planejada viagem tornou-se realidade e nos embarcamos emocionados para o “fim do mundo”!

Tudo foi lindo! Tudo foi perfeito!

Tão logo chegamos em Ushuaia, a pequena cidade nos recebeu com os primeiros flocos de neve da temporada. Foi emocionante ver, das janelas do restaurante do nosso hotel, a neve cair lentamente, brincando no vento, como se estive nos saudando com boas vindas! Em fim conhecemos Ushuaia e, se Deus nos permitir, com certeza, um dia, voltaremos para celebrar bodas de alguma coisa! rsrsrsr….

ImagemImagem

Um pouco de Ushuaia:

Ushuaia é uma cidade pequenina, mas cheia de charme!

A Lan e a Aerolíneas Argentinas possuem voos regulares para lá. Um detalhe importante, que sempre surpreende os turistas ao embarcar no aeroporto para sair da cidade, é a cobrança de uma taxa “extra” de embarque (sim, mais uma, além daquelas já cobradas pela companhia aérea). Contudo, o valor é razoável, 28 pesos por pessoa. Não se esqueça de reservar esse dinheiro para não ser surpreendido com os bolsos vazios de pesos no aeroporto!

A alta temporada é no verão, de dezembro a março. Fomos em junho, logo no início do inverno, quando em Ushuaia é possível fazer passeios simplesmente encantadores! As notícias do frio nessa época assustam um pouco, mas por experiência própria, estando com a vestimenta certa, o frio em Ushuaia é totalmente suportável e, com o tempo, é possível até se acostumar com ele…rsrsrs… (falaremos sobre roupas de frio em um post específico, ok!).

No inverno os dias são extremamente curtos e as noites bem longas. Geralmente começa a amanhecer por volta das 10hs da manhã e às 17hs já está escurecendo. No entanto, isso não é problema em Ushuaia, haja vista existir inúmeros atrativos para se fazer no período noturno. Inclusive o próprio comércio fica aberto até mais tarde no período invernal.

Em Ushuaia, assim como em Buenos Aires, além do peso argentino (moeda oficial), aceita-se, euro, dólar e até real. Quando fomos, levamos praticamente tudo em dólar e conseguimos trocar a moeda por um câmbio bem interessante, principalmente nas lojas de aluguel de equipamento de esqui e snowbord. A atual política econômica do país tem feito com que os locais paguem alto pelo dólar e pelo euro, já que sofrem restrições para adquirir essas moedas. Ah! A iminência da copa do mundo no Brasil também tem aumentado a procura por reais, valorizando o câmbio também em relação à nossa moeda. Sorte nossa!!! rsrsrsr….

Ushuaia tem vários hotéis, para todos os gostos e todos os bolsos. Ficamos no Alto Andino. Trata-se de um hotel super bem localizado, com um atendimento de primeira e um café da manhã simples. Dispõe de quartos standard e de apartamentos. Reservamos um apart e foi perfeito! (não reparem a bagunça….rsrsrsr)

ImagemImagem

Para quem é apaixonado por esquiar e não está preocupado em gastar um pouco mais com estadia, pareceu-nos bem interessante reservar alguns alguns dias da viagem para ficar hospedado nos chalés do centro de esqui Cerro Castor. O Castor Ski Lodge é um complexo de quinze casas independentes que ficam na base do Cerro Castor. Simplesmente um charme!!!

Para mais informações, acesse: http://www.castorskilodge.com/

Um outro hotel que chegamos a cogitar em ficar, mas que por ser mais afastado nos fez mudar de idéia, chama-se Los Cauquenes Resort e Spa. Parece ser um hotel bem interessante, ótimo para relaxar depois de aproveitar bastante todas as programações que Ushuaia tem para oferecer. Para mais informações, http://www.loscauquenes.com/pt/

Em Ushuaia dá para fazer muita coisa a pé, pois como dissemos, a cidade em si é bem pequena. No entanto, nos deslocamentos para locais mais afastados, por exemplo para os centros invernais (onde acontecem as atividades de inverno), ou para o centro de esqui Cerro Castor ou, ainda, para o Parque Nacional Terra do Fogo, dentre outros, sempre peça para a recepcionista do seu hotel verificar o que fica mais barato, se chamar um táxi, ou contratar um remis.

Ah! Existe a Localiza Rent a Car em Ushuaia, no entanto, lembre-se que no inverno é preciso ter cuidado redobrado ao dirigir pois com a neve, as pistas ficam mais escorregadias e o carro tem mais dificuldade para frear.

Ushuaia é uma zona franca, o que não quer dizer, necessariamente, que os preços sejam mais baratos, pois geralmente o que não se paga de imposto é revertido em lucro pelos comerciantes. Contudo, ainda assim, é possível encontrar barganhas na cidade. Existe, ainda, uma loja Duty Free, na Av. San Martin, com preços de free shop. Aproveite a seção de vinhos!

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: