Arquivo de Tag | onde comer

USHUAIA – PARTE III – ONDE COMER

Além da beleza e das atividades de inverno, Ushuaia também possui uma gastronomia sensacional. A centoulla e a merluza negra são simplesmente divinas e cada lugar tem um jeito mais especial que o outro de fazê-las. O cordeiro patagônico também tem sua fama na região. O vinho e o chocolate quente, claro, são sempre muito bem vindos.

Abaixo, uma seleção com dicas de lugares para comer e beber em Ushuaia. Aproveite!!!

 – Kuar

Este restaurante, sem dúvida alguma, foi o melhor de toda a nossa viagem. Comemos de entrada um mix de brusquetas que estava divinamente delicioso. De prato principal, fomos de merluza negra. Tudo muuuito bom!

ImagemImagem

– Chez Manu

O restaurante Chez Manu é uma atração a parte em Ushuaia. Fica localizado num lugar bem alto, possuindo uma vista simplesmente maravilhosa da cidade! Comemos de entrada uma sopa de cebola e de prato principal a Centoulla Chez Manu (ela vem gratinada, uma delícia!). De sobremesa, fomos de creme brullè.

ImagemImagemImagem

– Tante Sara

O Tante Sara é um lugar ótimo para fazer um lanche. O chocolate quente é divino! O sanduíche de rosbife maravilhoso!!!

ImagemImagemImagem

– Tante Nina

Foi no Tante Nina que comemos de entrada a centoulla ao natural (sem condimentos) e com a facilidade de não precisar cortá-la… ela já vem toda picadinha.. .rsrsrsr… é um ótimo jeito para sentir o gosto exato do crustáceo, sem a dificuldade que é destrinchá-lo. Adoramos! De prato principal, comemos a famosa merluza negra!

ImagemImagemImagem

– Volver

Aqui, a centoulla natural (sem condimentos) vem inteira!!!! O garçon te ensina como comê-la. Preferimos comê-la gratinada mesmo. Estava bem saborosa! rsrsrsrs

ImagemImagemImagemImagemImagem

– Andino

O Andino é um lugar em Ushuaia que está 24hs do dia aberto. É ótimo para matar aquela fome que dá em horários nada convencionais.  rsrsrs….

Imagem

– Empanadas Dieguito

Nossa! Uma delícia!!!! O lugar é bem simples, mas adorávamos comprar as empanadas quentinhas e levar para comer no quarto do hotel acompanhadas de uma boa cerveja patagônica… rsrsrs O preço é outro atrativo.

Imagem

– Maria Lola

O Maria Lola é um restaurante bem famoso na cidade e possui uma vista linda do Canal de Beagle. O prato que pedimos – risoto de frutos do mar – não caiu muito bem… estava gostoso, mas o fato de o polvo vir inteirinho, com cabeça e tudo, nos deu uma certa indigestão… rsrsrs

ImagemImagem

– Kaupé

O Kaupé é o restaurante considerado n.º 1 em Ushuaia. É realmente divino! Comemos merluza negra e a sobremesa era de chocolate com doce de leite… Nossa!

ImagemImagemImagem

– Bodegon Fueguino

É super famoso pelo cordeiro patagônico. Fica lotado!!! É gostoso, mas não sei se foi o prato que escolhemos, mas a carne veio com muuuuito osso!!!

ImagemImagem

– Laguna Negra

Nossa! O que dizer da Laguna Negra? Chocolate TOP!!! Chocolate quente TOP!!! Tostado TOP!!! rsrsrsr… é daqui que saem os melhores presentes para levar pra casa! Tudo aqui é tão bom, que nem lembramos de tirar fotos…. rsrsrsrs

Detalhe: é possível comprar os chocolates da Laguna Negra – inclusive a preços um pouco mais baixos – no restaurante Andino, que fica localizado a duas quadras na mesma av. San Martin.

FERNANDO DE NORONHA – PARTE III – ONDE COMER

Para nós, tanto quanto as praias, Noronha foi nota 1000 no quesito comer bem! Eis a nossa lista dos top de Fernando de Noronha:

Restaurante da Pousada Beijupirá Lodge:

A nossa chegada em Noronha já começou deliciosamente bem! Como ficamos hospedados na Beijupirá Lodge, no nosso primeiro dia na ilha resolvemos aproveitar para jantar no restaurante da própria pousada, o qual é aberto a não hóspedes mediante reserva antecipada. O restaurante fica na varanda da pousada com vista para o Morro do Pico. Uma delícia! O prato escolhido foi o peixe na manteiga de castanha, arroz de espinafre e batatas assadas. Hummmm!!!!

Imagem

O Mergulhão: 

O Mergulhão é um restaurante ma-ra-vi-lho-so, que fica numa parte mais alta com vista para o Porto de Santo Antônio. É um lugarzinho tão gostoso que não dá vontade de ir embora. Há mesas no salão interno, mas o bom mesmo é se aconchegar nos almofadões que ficam sob tendas do lado de fora do restaurante. Pedimos dois pratos: O peixe com banana (divino!) e o peixe arretado (atum ao molho de pitanga com cuscuz nordestino (sensacional!). De sobremesa, creme brullè com calda de tamarindo…simplesmente dos deuses!!!!!! Uma pena que não conseguimos retornar!

ImagemImagemImagemImagem

Palhoça da Colina:

O restaurante Palhoça da Colina é uma proposta super diferente que existe em Noronha. Os donos recebem um número limitado de clientes por noite (logo, necessário reserva), o valor é fixo (bebidas à parte) e o jantar é um mistério. Ao chegar, somos acomodados em almofadas e o jantar é servido em uma mesa coletiva toda à luz de velas. O peixe na folha de bananeira é a sensação da noite! As caipirinhas são divinas!!!

ImagemImagem

Restaurante da Pousada Zé Maria – Festival Gastronômico:

O festival gastronômico da Pousada Zé Maria é praticamente uma atração turística em Fernando de Noronha. É preciso reservar com antecedência e o valor pago é fixo. Durante o festival, uma mesa enorme com uma extensa variedade de deliciosas comidas são servidas aos “convidados”! O proprietário Zé Maria abre a noite, convidando o pessoal a se portar em torno da mesa e a chef da casa descreve prato por prato da mesa. Depois de comer muuuito, os pratos salgados são retirados dando lugar a milhares de doces maravilhosos, licores, chás e café. Uma experiência gastronômica que vale a pena!

ImagemImagemImagemImagemImagem

Cacimba Bistrô:

O Cacimba Bistrô fica no centro histórico da Vila dos Remédios e, apesar de ter um cardápio enxuto, dá para ficar na dúvida na hora de pedir! rsrsrs… Nesse dia experimentamos o penne com frutos do mar e, de sobremesa, uma deliciosa torta de chocolate!

ImagemImagem

Varanda:

O Varanda é um restaurante bem gostosinho que fica na Vila do Trinta. A entrada formada por um mix de pastéis é deliciosa! De prato principal, fomos de camarão no creme de moranga. Muito bom!

Imagem

Xica da Silva:

O Xica da Silva fica na Floresta Nova e é um restaurante um pouco mais descontraído, possuindo um cardápio menos refinado e de preços mais acessíveis. Comemos uma moqueca de peixe e camarão baiana que estava bem gostosa!!!

Imagem

Restaurante da Pousada Teju Açu:

O restaurante da pousada Teju Açu é lindo! Fica numa varanda bem ampla e ventilada, com vista para uma piscina iluminada. Um charme! A sobremesa foi divina: petit gateau de goiabada.

Imagem

Restaurante Self Service Flamboyant:

Tirando as opções tops acima, não poderíamos deixar de mencionar que Noronha possui restaurantes a quilo que funcionam para almoço. O Flamboyant fica na pracinha da entrada da Vila dos Remédios, de fácil acesso. É bem simples, com pouca variedade. O fato é que, como demos preferência para o jantar em Noronha (salvo o dia que tiramos para curtir a tarde no restaurante Mergulhão), esse self service nos atendeu bem. Outros a quilo na ilha: Restaurante do Biu e Acquamarine.

Uma última dica, mas não menos interessante: não deixe de experimentar o bolinho de tubalhau no bar anexo ao Museu do Tubarão. É gostoso, principalmente se acompanhado de uma caipi de kiwi!!! Antes do almoço no Mergulhão, abrimos o nosso apetite ali… rsrsrsr….